COMPRO MATERIAL DA FEB: JULIOZARY1997@GMAIL.COM

sábado, 21 de fevereiro de 2015

LANÇAMENTO DE LIVRO E E-BOOK SOBRE A FEB EM PORTUGAL


Título: Força Expedicionária Brasileira em Lisboa - a célebre passagem das tropas brasileiras em Portugal.
 Autor: CASALI, Cláudio Tavares (coord.) l a Edição
Local de edição: Lisboa
Data de edição: 2015
Tiragem: 500 exemplares
Impressão: Preto no Branco
ISBN: 9789892054803
Editor: Aditância do Exército e da Aeronáutica da Embaixada do Brasil em Lisboa

Neste ano de 2015, celebramos a estadia em Portugal de um dos contingentes da Força Expedicionária Brasileira (FEB) e, em especial, a recepção com que Portugal os acolheu. No dia 2 de Setembro de 1945, o navio Duque de Caxias, com 162 oficiais e 1.636 sargentos e praças da FEB a bordo, vindo de Itália e rumo ao Rio de Janeiro, fundeou frente à Cascais. 

Na tarde desse dia, movimentou-se para a "doca do Espanhol" junto à estação sul e sudeste do Terreiro do Paço, em Lisboa. o governo português preparou logo um programa de comemorações e solenidades para o dia seguinte, que se iniciava com a condecoração da bandeira da FEB com a medalha de Valor Militar - Ouro -, com um grandioso o desfile conjunto de tropas portuguesas e brasileiras na Avenida da Liberdade, terminando numa noite de convívio com fados. 

No decurso destes dias, a população portuguesa brindou, confraternizou e aplaudiu os soldados brasileiros, acolhidos como irmãos e familiares. Este episódio ficou eternizado pela imprensa, pelo Decreto- Lei que atribui a condecoração e, ainda, foi filmado para a posteridade. Os ventos dos tempos que desvanecem a memória viva dos acontecimentos fez com que tal demonstração de fraternidade e comunhão de nacionalidades e ideais históricos ficasse na penumbra, até mesmo, no desconhecimento das gerações vindouras.

A nossa missão e objetivo que motivou a presente comemoração é, decorridos 70 anos, vivificar, relembrar e mostrar o conjunto de testemunhos documentais das entrevistas que fizeram a primeira página de todos os jornais de Portugal, o espólio fotográfico e a filmagem do cerimonial e confraternização luso-brasileira de Setembro de 1945.

Na verdade, num tempo em que existe uma manifesta carência de valores humanísticos, é saudável relembrar que os portugueses acolheram os brasileiros como se de portugueses se tratasse, vindos do inferno da guerra. As emoções vividas naqueles dois dias de Setembro há 70 anos por portugueses e brasileiros, foram o testemunho do mais profundo sentimento de solidariedade e de fraternidade. As nossas gerações ao olhar para este recente passado acontecimento, devem encontrar o exemplo que foi dado pelos seus antepassados avós e sintam a vontade de replicá-lo no nosso dia a dia.

O forte relacionamento luso-brasileiro é o futuro para as duas nações atlânticas irmãs. Significado, em especial, o gesto informal do Presidente da República Portuguesa Marechal António Oscar de Fragoso Carmona que, após apor a condecoração na bandeira, abraçou o "Pracinha" que a ostentava.

ARTUR VICTORIA
Representante para a Europa da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG)

Para baixar o libro completo, acesse:
 http://www.exercito.pt/sites/BiblEx/Documents/ebook/Forca_Expedicionaria_Brasileira/HTML/files/assets/common/downloads/Fora%20Expedicionaria_Brasileira.pdf

Um comentário: