COMPRO MATERIAL DA FEB: JULIOZARY1997@GMAIL.COM

sexta-feira, 23 de março de 2012

FOTO DE ESTÚDIO GENERAL BINA MACHADO

Este foto contempla o General-de-Divisão Bina Machado. Este militar era Coronel durante a Campanha da Itália.



Segue um fato engraçado, no qual figura o referido militar:

"Ministro da Guerra Eurico Gaspar Dutra cercou-se de uma grande comitiva quando a FEB começou a vencer suas batalhas, e foi visitar alguns setores onde nossos pracinhas participavam de ações contra o inimigo. Nesta comitiva estava o Cel Bina Machado, homem de cultura, e que viveu nos EUA por vários anos, por isso dominava perfeitamente o inglês.

Ao chegar ao acampamento do 6º RI, passou a percorrê-lo, conversando animadamente com os soldados que ali estavam, em um acampamento próximo à cidade de Barga. Ao aproximar-se de um soldado alto, louro, tipo clássico de soldado americano, com aquela mistura uniformes, dirigiu-se educadamente ao mesmo, em um inglês refinado, fazendo-lhe diversas perguntas, enquanto o soldado permanecia imóvel, olhando-o fixamente sem nada responder. O Cel Bina Machado já estava ficando irritado com o silêncio do praça, inclusive se questionando se ele se achava tão superior que não se dignava a lhe dirigir a palavra, ou se o seu inglês estava mal a ponto de não ser entendido.

Ele chamou o comandante do Regimento e disse: Oh, Segadas, o que há com esta “besta”, que não se digna a me responder? Faz quase meia hora que faço perguntas e ele não dá uma palavra em resposta, e ainda fica me olhando com esta cara de bobo.

-Não é possível Bina, este é um dos nossos soldados mais educados do nosso grupo, diga-me por favor, em que língua você está falando com ele?

-Em inglês é claro! Ele não é americano?

O Gen Segadas deu uma gostosa gargalhada e disse: É óbvio que ele não poderia lhe responder nada, caro amigo. Seu inglês continua impecável como sempre, acontece que este soldado é brasileiro e não entende nada de inglês.

-Então, foi a vez do Cel Bina ficar surpreso. Este soldado não é americano? E esta farda que ele usa, não é toda americana?

-Claro que é, mas quando percebemos que nosso material era inadequado, tivemos que recorrer aos americanos. Quanto a este rapaz, é o meu motorista, e tem este biotipo, pois é descendente de poloneses. É um dos nossos “catarinas”.

O Cel Bina Machado ficou muito sem graça por ter perguntado por que o “besta” não respondia.

Realmente os “MP”, quer brasileiros ou americanos, eram rigorosamente respeitados, e as infrações de trânsito na Rota “64” eram punidas rigorosamente.

Fontes: “E foi assim que a Cobra Fumou” – Elza Cansanção – 1987

“ Brazilian Expedicionary Force in World War II” – C.C. Maximiano e R. Bonalume Neto - Osprey Publishing – 2011

Disponível em: http://chicomiranda.wordpress.com/2012/02/18/pe-policia-do-exercito-uma-tropa-de-elite-da-feb/

Nenhum comentário:

Postar um comentário