COMPRO MATERIAL DA FEB: JULIOZARY1997@GMAIL.COM

quarta-feira, 21 de julho de 2010

FEBIANOS ILUSTRES

Serviram, na Força Expedicionária Brasileira, pessoas dos mais variados extratos sociais. Alguns, nos anos seguintes, desempenhariam diretamente papéis de destaque na vida política, social e cultural brasileira. Outros, indiretamente, como pais, educadores ou profissionais, que em suas respectivas áreas influenciaram por aceitação ou oposição as personalidades das gerações posteriores. Citamos, por ordem alfabética, alguns dos seguintes nomes:

* Albuquerque Lima - Ministro do Interior entre 1967 e 1969.
* Antônio Matogrosso Pereira - Militar de carreira do exército e pai do cantor e showman Ney Matogrosso.
* Camilo Cola - empresário e político fundador do Grupo Itapemirim
* Carlos Scliar - desenhista e pintor
* Celso Furtado - Intelectual e economista da CEPAL, criador da SUDENE e Ministro do Planejamento no governo João Goulart.
* Clarice Lispector - Escritora, como voluntária no corpo de enfermeiras da FEB.
* Golbery do Couto e Silva - Ministro da Casa Civil entre 1974 e 1981.
* Hugo Abreu - Ministro da Casa Militar entre 1974 e 1978.
* Humberto de Alencar Castello Branco - Presidente do Brasil entre 1964 e 1967.
* Jacob Gorender - Escritor, militante político e um dos fundadores do PCBR.
* Octavio Costa - Idealizador das campanhas publicitárias do Regime Militar no período Médici.
* Osvaldo Cordeiro de Farias - Governador de Pernambuco entre 1955 e 1959.
* Perácio - Jogador de futebol carioca, nacionalmente famoso nos anos de 1940.
* Poli - Músico profissional, já reconhecido no meio artístico quando convocado. Multinstrumentista que influenciou nomes da MPB nos anos de 1960.
* Salomão Malina - Presidente nacional do PCB entre 1987 e 2001

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/For%C3%A7a_Expedicion%C3%A1ria_Brasileira

4 comentários:

  1. Mauricio de Queiroz21 de julho de 2010 22:22

    Prezado Julio: Exatamente por publicar os diversos extratos sociais das pessoas que serviram à FEB durante a segunda Guerra, sinto-me na obrigação de pedir-lhe a inclusão do nome de meu pai, à época 2º Sargento Franklin de Queiroz, do 6º RI de Caçapava, SP, pessoa simples, humilde e do povo, que colocou, também, a vida em risco, para ajudar a salvar o mundo. Apesar de não ter nenhuma das qualificações sociais indicadas por vc. nesta postagem, destacou-se, isto sim, o meu pai, por ter voltado. Vivo!

    ResponderExcluir
  2. Olá Maurício, obrigado pelo contato. Com certeza seu pai lá teve exatamente o mesmo papel que os outros 25000 febianos, e, por sorte, estava entre os 24500 que voltaram para o Brasil. Quero destacar então aqui a atuação do 2 Sargento Queiroz, do 6 RI, que embarcou dia 2 de julho de 1944 e retornou dia 18 de julho de 1945. Obrigado pelo contato e se você tiver mais dados dele, fotos, histórias, etc, você pode mandar para o meu e-mail que fazemos um artigo em homenagem a ele. Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Gostaria de saber se possuem informações a respeito de meu avo, sargento Camilo Salomão de Ponta Grossa Parana, de recordações possuímos apenas uma pintura dele feita em Bolognha na Itália já em 1945, desde já agradeço, Fred Schmidt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro leitor, conseguimos levantar algumas informações sim. Por favor envie um email para juliozary1997@gmail.com

      Abraço.

      Excluir